Ações da OAB

OAB Nacional vai do Oiapoque ao Chuí em defesa das prerrogativas

6 de novembro de 2017
Maikio Guimarães - OAB-RS

Brasília – A Caravana Nacional das Prerrogativas – liderada pelo Conselho Federal da OAB, em parceria com as Seccionais – percorreu os mais de 4.100 quilômetros que separam Oiapoque, no Amapá, de Chuí, no Rio Grande do Sul. 

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, esteve presente nas duas localidades. “Não temos medido esforços para atuar em defesa da advocacia. Isso é um marco em termos de simbolismo. A Caravana tem viajado o Brasil todo para, de fato, ir aonde a advocacia está. O sentimento é de orgulho e honra por vermos o Sistema OAB, notadamente a área de Prerrogativas, trabalhando de forma unida e comprometida com as causas da advocacia e também da cidadania”, aponta.

Lamachia destaca a harmonia entre Conselho Federal, Seccionais e Subseções como determinante para o sucesso da Caravana. “É o fator fundamental para que, literalmente, cruzássemos o país em defesa das prerrogativas”, completa.

Diálogo e transparência

O presidente da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas, Jarbas Vasconcelos, destaca que o principal objetivo da Caravana é ouvir a advocacia. “Ouvir os problemas da advocacia é o mote de tudo isso. Essa dimensão simbólica que a Caravana assumiu é muito importante. Nosso pisar em cada parte do país demonstra que estamos disponíveis para cada um dos um milhão e cem mil profissionais da nossa classe. A Comissão costuma resolver as coisas ao vivo, porque indo a cada local as pautas se apresentam na hora, conversando com os profissionais”, explica.

Cassio Telles, vice-presidente da Comissão, classificou como honroso o sentimento de estar ao lado da advocacia. “Advogados e advogadas querem a OAB ao seu lado, defendendo suas prerrogativas. O profissional quer atuar de forma livre e combativa”.  

Opinião compartilhada pelo procurador nacional de Defesa das Prerrogativas, Charles Dias. “Costumo dizer que a OAB se propôs, com audácia, a ir aonde jamais esteve antes. Há poucos dias estávamos em Oiapoque. Hoje, estamos em Chuí, no extremo sul. É pela advocacia, pelo respeito, pelo resgate das nossas prerrogativas”, ressalta.

Ricardo Breier, presidente da OAB-RS, lembra que a “advocacia é fundamental para a manutenção da segurança jurídica em um momento temoroso para o país, por isso é necessário ir aonde quer que seja necessário para ouvir as demandas e providenciar soluções”.

O secretário-geral da OAB-RS, Rafael Canterji, lembrou que na gestão de Lamachia à frente da OAB-RS as caravanas da Seccional eram frequentes. “Ver a união do Conselho Federal com a Seccional é motivo de orgulho para nós, que acreditamos nesta luta. 

Presenças

Estão presentes na Caravana, além dos citados, os membros da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia, André Stumpf Jacob Gonçalves e Juliana Marques Modesto Leahy; o presidente da Comissão de Defesa, Assistência e das Prerrogativas (CDAP) da OAB-RS, Eduardo Zaffari; a conselheira seccional e membro da CDAP, Nara Terezinha Piccinini da Silva; os conselheiros seccionais da OAB-RS Domingos Martin e Luiz Felipe Malmann; e o juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), Miguel Ramos.


Vídeo em Destaque

Receba o informativo

Cadastrar

Conselho Federal da OAB

Conselho Federal da OAB SAUS Quadra 5, Lote 1, Bloco M Brasília, DF - CEP 70070-939 Fone: (61) 2193-9600

www.oab.org.br